Notícias

Imprensa

Lugrade lança inovação para demolhar bacalhau

20 de Dezembro, 2017

 

Os produtores portugueses estão, aos poucos, a apostar na oferta de bacalhau demolhado ultracongelado, mas com a cura tradicional portuguesa, note-se bem. Ou seja, bacalhau que esteve entre quatro meses a um ano a curar em sal.

Contudo, e porque há muita gente que gosta do ritual da demolha (ou desconfia injustificadamente da aplicação da ciência nos processos alimentares), a Lugrade, produtora de bacalhau seco com sede em Coimbra, criou um equipamento cheio de design e sofisticação tecnológica que nos ajuda a demolhar o bacalhau no ponto certo de sal. O aparelho foi batizado de O Fiel, por razões fáceis de compreender. Como funciona? De forma simples. Coloca-se o anel azul no fundo do recipiente (onde estão os sensores de salinidade) e os pedaços de bacalhau seco salgado por cima, mais a água fria, desejavelmente com gelo (quanto mais fria está água, menos aromas desagradáveis ficam nas postas). O cilindro branco preso por um fio (qual ioiô) fica fora do recipiente e tem a função de nos dar a indicação da salinidade da água. É através deste que iremos perceber qual é o grau de salinidade que o peixe tem, sendo que podemos decidir se queremos peixe mais a puxar ao sal, médio ou com muito pouco sal. Tão intuitivo é o sistema que mais parece ter sido desenvolvido pela Apple. O Fiel deverá estar à venda em breve por cerca de 15 €, mas quem comprar um bacalhau Lugrade Vintage (20 meses de cura em sal) recebe um voucher com direito a ter acesso ao Fiel como presente. 

in CM Jornal